Nesta quinta-feira, 15 de maio, os profissionais da área da Assistência Social são homenageados. Os assistentes sociais contribuem para a melhoria da qualidade de vida de indivíduos e grupos, e trabalham pela garantia dos direitos sociais da sociedade.

As primeiras escolas de Serviço Social surgiram no Brasil no final da década de 1930, quando se desencadeou no país o processo de industrialização e urbanização. Nas décadas de 40 e 50 houve um reconhecimento da importância da profissão, que foi regulamentada em 1957 com a lei nº 3252.

A Editora, Livraria e Grife UFSM dão algumas sugestões de leitura para os profissionais da área:

 

Psicologia, Famílias e Leis

Este livro apresenta uma coletânea de trabalhos científicos, de autoria de pesquisadores de importantes instituições de ensino superior brasileiras que estudam crianças e adolescentes em diferentes contextos familiares e institucionais, a partir da legislação de proteção à infância e juventude.


Psicologia e Saúde

Discute as relações entre a Psicologia e a Saúde, apresentando diferentes formas de se fazer ciência, assim como práticas de intervenção na área. É um trabalho que subsidia o ensino de Psicologia e a prática do psicólogo, com uma visão positiva de sua inserção no campo da saúde pública.


Saúde Vira Brinquedo: Uma Proposta Lúdica de Educação para a Saúde

As autoras apresentam também algumas alternativas lúdicas que podem auxiliar os professores de Educação Infantil e Séries Iniciais, dentistas e agentes de saúde na elaboração e na execução de ações de educação para a saúde.


O Processo Educativo na Formação e na Práxis dos Profissionais da Saúde

Este livro surgiu da intenção de fornecer subsídios para despertar nos profissionais de saúde o interesse pela utilização dos dados relacionados com a educação, na perspectiva de valorização das ações educativas que esses profissionais desenvolvem no cotidiano de sua práxis profissional e pessoal. Nesta obra, a exposição dos assuntos, o debate de idéias e as concepções pedagógicas de diferentes autores objetivaram também possibilitar aos profissionais de saúde a reflexão e, conseqüentemente, a revitalização de sua práxis, enquanto educador.