• Imagem Carrinho Vazio Seu Carrinho Está Vazio

  • Botão Fan Page Facebook

Na Batida da Concha:

Sociabilidades juvenis e homossexualidades reservadas no interior do Rio Grande do Sul

Versão Impressa

Disponível: Em estoque

R$25,00

Descrição Rápida

O livro aborda as homossexualidades reservadas e a necessidade de se enfrentar o preconceito no mundo homossexual.

Mais Imagens

Detalhes

Apesar de se correr riscos nesse processo, esses são necessários para alcançar objetivos mais audaciosos ou mesmo reparar erros primários. O autor produziu uma reflexão a partir de um cuidadoso trabalho de investigação sobre a “Sociedade do Apertamento” e o “ritual de iniciação” nas práticas homoeróticas masculinas de jovens que preferem esconder sua orientação sexual.

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Título Na Batida da Concha:
Subtítulo Sociabilidades juvenis e homossexualidades reservadas no interior do Rio Grande do Sul
Autor(es) Guilherme Passamani
Editora/Selo Editora UFSM
Assunto Principal Comportamento sexual - Rio Grande do Sul, Sexualidade - Rio Grande do Sul, Homossexualidade - Rio Grande do Sul, Homossexualismo - Rio Grande do Sul
Assunto Secundário Não
Origem do Livro (Nacional/Importado) Nacional
Coleção Não
Número de Páginas 176 Pág.
Número da Edição
Ano da Edição 2011
ISBN 9788573911534
Código de Barras 9788573911534
Faixa Etária Graduação, pós graduação e outros.
Idioma Português
Número do Volume ou Tomo Único
Classificação Fiscal (ncm) 49019900

Agradecimentos

Prefácio

Introdução

 

1 O pesquisador “entrando no armário”

1.1 A aproximação com as temáticas de sexualidade e interior

1.2 Entre medos e descobertas: os primeiros campos

1.3 Questões de método

 

2 A “Sociedade do Apertamento” na “batida da concha”

2.1 Um preâmbulo da “Sociedade do Apertamento”

2.2 Rituais de descoberta e iniciação como prerrogativas para a sociabilidade gay

 

3. As práticas (homos)sexuais para uma Antropologia dos Rituais3.1 As práticas sexuais não-heterossexuais como construções rituais

3.2 Um olhar antropológico sobre os processos rituais

 

4  Interfaces entre gênero, masculinidades e machismo

4.1 Um olhar sobre a categoria “gênero”

4.2 Entre o campo e a teoria: questões de masculinidade

 

5 Para uma Antropologia das Homossexualidades

5.1 As Ciências Sociais na “Sociedade do Apertamento”

5.2 Revisitando as “homossexualidades reservadas”

 

Considerações finais

Referências bibliográficas