• Imagem Carrinho Vazio Seu Carrinho Está Vazio

  • Botão Fan Page Facebook

O Pragmatismo Político dos Ferroviários Sul-Rio-Grandenses

Com foco histórico na cidade de Santa Maria

Versão Impressa

Disponível: Em estoque

R$38,00

Descrição Rápida

Com a publicação deste livro, faz-se um resgate parcial dos inúmeros acontecimentos da política do Rio Grande do Sul, a qual envolveu o importante segmento laboral dos trabalhadores ferroviários entre o final do século XIX e metade do século XX.

Mais Imagens

Detalhes

A memória sul-rio-grandense passa a contar com mais um aporte de valorização da história. Somado a sua intenção de recuperar fatos históricos, centrados nas ações políticas, geralmente pragmáticas e muito bem articuladas, estão presentes no conteúdo do livro a valorização das vivências dos trabalhadores ferroviários gaúchos.No cenário laboral do Rio Grande do Sul, os ferroviários foram a categoria que maior expressão alcançou como coletivo profissional no decorrer do século passado. Contudo, a crise brasileira da década de 1960, no período pós-Vargas, afetou, primeiramente, a VFRGS e, depois, a RFFSA. Com a sucessão de governos militares e a priorização dos interesses do capital externo, as empresas foram progressivamente desmanteladas. Como elas, também os ferroviários perderam prestígio e seus movimentos de lutas ficaram praticamente esvaziados.

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Título O Pragmatismo Político dos Ferroviários Sul-Rio-Grandenses
Subtítulo Com foco histórico na cidade de Santa Maria
Autor(es) João Rodolpho Amaral Flôres
Editora/Selo Editora UFSM
Assunto Principal Transporte ferroviário, História, Santa Maria (RS), Ferroviários, Cooperativismo, Viação férrea, Política, Ideologia, Cidadania, Greve
Assunto Secundário Não
Origem do Livro (Nacional/Importado) Nacional
Coleção Não
Número de Páginas 376 Pág.
Número da Edição
Ano da Edição 2009
ISBN 9788573911220
Código de Barras 9788573911220
Faixa Etária Graduação, pós graduação e outros
Idioma Português
Número do Volume ou Tomo 1
Classificação Fiscal (ncm) 49019900

Introdução

  1. 1.       Absenteísmo Político no Meio Ferroviário Gaúcho

1.1              Política e ideologias entre os ferroviários sul-riograndenses

1.2              O “Grevismo” como principal instrumento de luta

1.3              O cooperativismo ferroviário e o Estado-Providência

1.4              Política e assistencialismo

 

  1. 2.      Cidadania e experiências políticas

2.1              Percepções políticas e sociais dos trabalhadores da VFRGS

2.1.1        As conjunturas políticas e os espaços da cidadania

2.1.2        Os ferroviários e o trabalhismo

2.1.3        O anarquismo e o comunismo entre os ferroviários

2.1.4        Os ferroviários e o anticomunismo

2.2              A retomada dos movimentos paredistas

 

  1. 3.      Atuação Política dos Ferroviários Pós-1945

3.1              As inscrições políticas dos ferroviários no âmbito parlamentar

3.2              A União dos Ferroviários Gaúchos (UFG)

3.2.1        Organização e mobilização política

3.2.2        A significação das greves de 1954 e 1957

3.2.2.1              Desdobramentos da grande paralisação de 1954

3.2.2.2              A greve final

3.2.3        Obstáculos e limitações para a atuação da UFG

3.2.4        O Departamento Feminino da UFG: mulheres de ferroviários na luta

3.3              Os ganhos trabalhistas e sociais

 

  1. 4.      Política e Profissão: A nova “Realidade Contristadora”

4.1              O encerramento do ciclo varguista e a crise ferroviária

4.2              A federalização da VFRGS em 1957

4.3              A “Classe ferroviária ao final da década de 1950

4.3.1        A exaustão do mutualismo ferroviário

4.3.2        Labor profissional e atitudes políticas em “transição”

4.4              A privatização e a extinção da RFFSA

 

Conclusão

Referências e Obras Consultadas