Seja bem-vindo à Editora UFSM!

A Palavra Mascarada

Entrelaçando a história do pensamento filosófico e artístico, este livro trata de questões das fronteiras conceituais ligadas a maior ou menor valorização e utilização das alegorias artísticas e do modo alegórico de ver o mundo, da Antiguidade à Modernidade.
Livro Impresso
R$20,00
R$20,00
Descrição
Ou isto ou aquilo, parafraseando Cecília Meireles, diz o intérprete de uma obra de arte pictórica, literária ou tridimensional, quando se defronta com a possibilidade de mais de uma leitura, na proposta de um artista. Que arte é essa que provoca mais de uma interpretação, de acordo com as vivências culturais de cada indivíduo, dispondo-o à descoberta simultânea do que o artista, ao mesmo tempo, oculta e desvela?
Informação Adicional
Título A Palavra Mascarada
Subtítulo Sobre a Alegoria
Autor(es) Maria Zenilda Grawunder
Editora/Selo Editora UFSM
Assunto Principal Literatura - alegoria, literatura - alegoria - história, literatura - alegoria - crítica, arte - alegoria, arte - alegoria - história
Assunto Secundário Não
Origem do Livro Nacional
Coleção Não
Número de Páginas 158 Pág.
Número da Edição
Ano da Edição 1996
ISBN 0000
Código de Barras 0000
Faixa Etária Graduação, pós graduação e outros.
Idioma Português
Número do Volume ou Tomo Único
Classificação Fiscal (NCM) 49019900
Sumário

Como prefácio

Palavra de Introdução

 

I – Manifestações da arte alegórica – Categorias históricas ligadas à sua concepção e hermenêutica no mundo ocidental

  1. Inscrição do texto alegórico: seu conceito dialético
  2. Pensamento antigo e emergência dos símbolos

2.1              Analogia antropomórfica: Arte e magia

2.2              Analogia e importância das imagens: instauração das polaridades nas formas de discursos

2.3              Reinado da alegoria: Cristianismo e Idade Média européia

  1. Reflexões estéticas e avanço do pensamento moderno a partir da Renascença

3.1              Alegoria e símbolos: polarização da autoridade da representação

3.2              Arte e idealização a partir do século XVIII

3.3              Símbolo e alegoria na arte analógica

  1. Reversão de concepções: visão alegórica e alegoria no âmbito da Arte e da Hermenêutica contemporâneas

4.1              Relações entre Arte e modernidade: visão de Charles Baudelaire

4.2              Estética da modernidade no século XX: o alegórico como linguagem e representação da História

4.3              Eu e não-eu intermediação na Literatura e Hermenêutica da Arte

Notas

 

II – Pensamento humano e alegoria

  1. Literatura, função de expressão e mediação
  2. Alegoria como valor integrador na estética da modernidade
  3. Princípios de organização do texto alegórico

Notas

 

Bibliografia de consulta e referência

Carregando...